© 2017. Todos os direitos reservados.

É da mãe que a gente vem

É pra mãe que eu quero voltar

É da mãe que a gente vem

É pra Mãe Terra que eu quero voltar

Se desse sonho eu acordar

E enxergar o que não se vê

É do outro lado que eu vou buscar

A minha vida compreender

Depois da onda vem todo o mar

Um oceano a percorrer

O vento sopra e a hora é já

Momento certo de me recolher

A Pachamama mandou avisar

Com flores lindas, medicina que

Chegou a ordem, o despertar

Vejo a beleza que é a vida em si

O chamado vem do céu

Uma força, uma decisão

Com a limpeza de Miguel

A grande transformação

Segunda-feira eu vou trabalhar

Continuar o que só começou

No dia-a-dia, em todas as horas

A expressão do meu divino amor

É DA MÃE